Reservas
video_avara_01
avara brand

Hotel recém-mobiliado para garantir qualidade, conforto e bem estar!

Sobre Nós

Conheça Nossos Quartos

Acomodações Confortáveis

O Hotel Sabor e Fé oferece um serviço de hotelaria qualificado, que prioriza as necessidades e acolhimento ao hóspede. Prezamos pelo relacionamento entre as pessoas e tornaremos sua experiência acolhedora, confortável e saborosa!

Serviços para você

Conheça nossos serviços e comodidades

O que há por perto

Conheça as atrações e localidades próximas ao Hotel

Igreja de São Benedito

Mais
fully-responsive

Seminário Bom Jesus

Mais
fully-responsive
fully-responsive
fully-responsive

Basílica Velha

Mais
fully-responsive

Morro do Cruzeiro

Mais
fully-responsive
Attractions image

Igreja de São Benedito

Inaugurada em 1924, tem como seu maior destaque as figuras de anjos, esculpidas por Chico Santeiro que enfeitam a porta e os berais da igreja.

Apesar de modesta, a igreja de São Benedito tranforma-se durante a festa de seu padroeiro, quando torna-se o maior centro de manifestações folclóricas-religiosas do Vale do Paraíba, recebendo milhares de peregrinos devotos do Santo de todos os cantos do país.

São Bendito nasceu na Itália e sua fé e dedicação aos pobres fez dele um dos santos mais venerados do Brasil.
Attractions image

Seminário Bom Jesus

Em 06 de Agosto de 1894, ato de lançamento e benção da "Pedra Fundamental" do prédio, pelo Arcebispo de São Paulo, Dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho, destinado aos jovens que aspirassem ao estudo eclesiástico.

Privilegiadamente situado no centro da cidade de Aparecida, numa área arborizada de 10 hectares e de fácil acesso pela Rodovia Presidente Dutra, com 13.000 m²; de área construída, onde a natureza também contribui com seu espetáculo.

Projetado pelo engenheiro e arquiteto paulista, Dr. Francisco Carlos da Silva, sua imponente estrutura em tijolos aparentes, foi inspirado na arquitetura do famoso Palácio de Versalhes, França, se mantendo belíssimo há 120 anos.

Para construção do prédio foi montado uma olaria própria para fabricação de tijolos grandes e requeimados contendo a marca NSA (Nossa Senhora Aparecida).

  • 1919 - Parte do prédio destinado a obras de caridade - Asilo Nossa Senhora Aparecida;
  • 1929 - Abrigou seminaristas redentoristas do Seminário Santo Afonso até o ano de 1952;
  • 1932 - Revolução Constitucionalista - serviu em sua parte externa de acampamento às tropas do exército;
  • 1952 - O prédio foi cedido aos Seminários Maior e Menor da Arquidiocese de São Paulo até o ano de 1964;
  • 1969 - Instituto Bom Jesus para formação de seminaristas de várias dioceses do pais até o ano de 1976;
  • 1977 - Em 19 de março foi inaugurado oficialmente o Seminário Arquidiocesano Bom Jesus;
  • 1990 - Instalado também no prédio o Seminário Propedêutico Nossa Senhora Aparecida até o ano de 2006;
  • 1996 - Transferida a Cúria Metropolitana para o andar térreo onde atualmente se mantem;
  • 2012 - Em 18 de Março, Inauguração da Pousada do Bom Jesus.
Attractions image

Basílica Velha

A Basílica Velha foi a primeira a abrigar a imagem de Nossa Senhora Aparecida, construída no Morro dos Coqueiros em 1745 hoje o local se chama Praça de Nossa Senhora Aparecida.

Inicialmente construída de Taipa e Pilão passou por várias reformas cujas datas estão cravadas em suas paredes externas. A Basílica como vemos hoje foi inaugurada em 1888 e em 1908 recebeu do Vaticano o título de Basílica de Aparecida.

Para uma visita utilize a passarela que liga o antigo Santuário à nova Basílica Nacional de Aparecida e que oferece uma vista impressionante da região.
Attractions image

Morro do Cruzeiro

O Morro do Cruzeiro é um ponto de visitação localizado do outro lado da Rodovia Presidente Dutra, cujo acesso é realizado pela rua 1º de maio, no bairro Santa Rita.

O Morro do Cruzeiro é conhecido pelos moradores de Aparecida e devotos que passam pelo Santuário Nacional, por ser propício para a meditação da Via Sacra. Todo o itinerário da Via-Sacra possui painéis artísticos que lembram os passos da Paixão do Senhor. É nesse local que se consagra a Via Sacra da Sexta-feira da Paixão, às 5h da manhã, no tradicional momento de oração e reflexão sobre a morte e Paixão de Cristo, onde são reunidas mais de 5 mil pessoas. No total, são 14 estações da Via Sacra, em estilo neoclássico, elaboradas em bronze pelo artista Adélio Sarro. Com caminho asfaltado, o Morro do Cruzeiro é uma rota de peregrinação, proporcionando uma bela vista da cidade.

O Morro do Cruzeiro possui 685 metros de altitude, com uma enorme cruz moldada em aço, que mede 23 metros de altura e pesa 25 toneladas, representando o símbolo das missões. Ao chegar ao final do Morro do Cruzeiro, onde está fixada esta enorme cruz, é possível ter uma bela vista da cidade e do Santuário Nacional de Aparecida.

O local passou por uma reforma completa, que começou em 1999. O piso recebeu asfalto, as encostas do morro foram arborizadas, o trajeto ganhou sinalização, som e iluminação novos. Hoje, o local é um dos pontos turísticos mais bonitos de Aparecida. O projeto arquitetônico é de Cláudio Pastro, e o paisagismo de Gustaas Henricos Winters. As estações da Via-sacra também foram refeitas. O artista plástico Adélio Sarro Sobrinho, de São Bernardo do Campo (SP), reconhecido internacionalmente, construiu os painéis que narram a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Ele utilizou 25 sacos de cimento para criar cada um dos painéis de 3,70 x 4 metros. Para o acabamento, Sarro empregou uma técnica nova, utilizando um pigmento especial de cimento que imita o bronze. De longe, os painéis parecem ter sido moldados em ferro.

A obra de arte de Sarro demorou nove meses para ser concluída. Na entrada do novo Morro do Cruzeiro, há um par de mãos postas em oração, de 15 metros de altura, também obra de Sarro.

Separado da cidade pela Rodovia Presidente Dutra, é o ponto turístico onde acontece, toda sexta-feira da Quaresma, a tradicional Via-Sacra.

A primeira cruz no alto do morro foi fixada em 1925 e, durante a celebração da Semana Santa do ano de 1948, no dia 6 de abril, foram inauguradas as capelinhas da Via-Sacra pelo vigário Pe. Antônio Pinto de Andrade.

No dia 21 de abril de 2000, o Morro do Cruzeiro, totalmente reestruturado para atender os visitantes, foi solenemente bento e reinaugurado por Dom Aloísio Lorscheider, perante uma multidão de fiéis.

Todo o itinerário da Via-Sacra recebeu artísticos painéis que lembram os passos da Paixão do Senhor. Conta com as 14 estações da Via Sacra, em estilo neoclássico, elaboradas em bronze pelo artista Adélio Sarro. Com caminho asfaltado, o Morro do Cruzeiro é uma rota de peregrinação, proporcionando uma bela vista da cidade.

É nesse local onde é rezada a Via Sacra da Sexta-feira da Paixão, às 5h, tradicional momento de oração e reflexão sobre a morte e paixão de Cristo, que reúne mais de 5 mil pessoas.

O Morro do Cruzeiro possui 685 metros de altitude, com uma enorme cruz moldada em aço, que mede 23 metros de altura e pesa 25 toneladas, representando o símbolo das missões Na parte posterior fica o sepulcro com a imagem do Cristo Morto.

O grande Cruzeiro Comemorativo dos 500 anos de Evangelização do Brasil é uma concepção do artista plástico Cláudio Pastro.

Close

Comentários

O que os Hóspedes Dizem

Uma experiência ímpar em hospedagem

Sobre Nós

O Hotel Sabor e Fé tem como objetivo garantir uma hospedagem de qualidade, confortável e segura, em um ambiente familiar pensando sempre no bem estar e nas necessidades de seus Hóspedes!

Saiba Mais

Entre em contato conosco

Contato

Tire dúvidas, obtenha informações, entre em contato conosco e faremos nosso melhor para atendê-lo!

Contato
Google Maps
Waze